Sidra, Cider e Cidras

Ola Pessoal, vamos falar sobre Sidras, e já quero começar explicando a terminologia, então vamos lá.

Sidra ou Cidra?

No Brasil, Sidra é o resultado da fermentação alcoólica do suco de maçã, já Cidra é o fruto da Cidreira (não tem relação com a erva cidreira). Nos EUA e Canadá temos os termos Apple Cider como o suco da maçã (não fermentado) e Cider ou Hard Cider sendo a versão fermentada do suco.

Árvore cheia de frutos
Cidreira carrega de frutos

Apesar de estar vinculado à maçã, costumamos chamar qualquer fermentado de frutas como Sidra, sidra de abacaxi, sidra de pera, etc… mas o correto seria ter a base de açúcar vinda de maçã.

Embora aqui não seja muito famosa, a Sidra é um assunto quente na America do Norte e Europa, e até tem suas categorias no BJCP, mas não vamos focar nisso agora, a ideia deste texto é encorajar você a produzir suas primeiras sidras, porque é algo divertido, fácil e com um range tão grande de possibilidades que entusiasma.

Tipos de Sidra

Sidras são divididas basicamente em Secas e Suaves, de aparência cristalina a completamente fechada (opaca), indo de cores quase transparente até um Âmbar/Cobre.

variedade de sidra

Vamos explanar um pouco o processo básico para fazer sua primeira Sidra. Você precisa de:

1 Fermentador completo de 5l

4 Litros de suco de maçã integral e sem conservantes.

Sanitizante (recomendo Iodophor ou álcool 70)

1 sachê de levedura Mangrove Jack’s M02 Cider, algum da família da Red Star ou até mesmo leveduras de cerveja.

E não tem segredo, o passo a passo será:

Você vai sanitizar seu fermentador com o sanitizante de sua escolha, adicionar os 4 litros de suco de maçã, adicionar a levedura e fechar o fermentador e colocar o airlock na tampa.

Deixe fermentar em um ambiente fresco ou com pouca variação de temperatura por 2 semanas.

Se tiver densímetro ou refratômetro, você pode medir as Gravidades Inicial e Final para saber quanto de álcool você atingiu.

A fermentação será intensa nos primeiros dias e vai diminuindo conforme passar o tempo.

Após as 2 semanas (ou parar a atenuação) você pode engarrafar a Sidra, recomendo usar as balas de carbonatação para facilitar o processo, para engarrafar você precisa de:

14 garrafas de 300ml (aproximadamente)

1 arrolhador

tampinhas

balas de carbonatação

Sanitizante

Sanitize as garrafas e tampinhas (você pode usar outros tipos de garrafas como growler pet com tampa, growlers, etc…)

Adicione 1 bala de carbonatação para cada 300ml, 2 para 500 ou 600ml.

Adicione a Sidra na garrafa e tampe a garrafa.

Agora você pode aguardar mais 7 dias e pronto, sua Sidra deve estar pronta e carbonatada.

Dica: Recomendo começar com suco pronto para você entender o processo, se quiser usar a fruta, você vai precisar pasteurizar o suco ou usar estabilizante de fermentação Metabissulfito e Sorbato de potássio, mas isso será tratado em outro artigo, mas só se vocês quiserem. 😉

E como sempre, pode chamar no instagram (@digoreisnet) para trocar mais ideias e dicas de processo

Rodrigo Reis, é sommelier de cervejas, cervejeiro caseiro além de um dos nossos experts em cerveja e outros fermentados da Lamas Sampa!

Fernanda Puccinelli Autor

Grande apreciadora de cervejas, teve o primeiro contato com cerveja artesanal sendo cobaia das primeiras cervejas feitas pelos Lamas. ;) Depois de uma temporada nos EUA resolveu unir o útil ao agradável e se aprofundar no mundo das cervejas artesanais. Gosta de viajar, cachorros e claro beber e falar sobre cerveja.

Comentários

    João Alexandre

    (26 de outubro de 2020 - 12:59)

    Como eu faço para deixá-la doce?

    RENATO MARQUETTI JUNIOR

    (2 de novembro de 2020 - 11:39)

    Faço com laranja PERA ao invés de maçã e após fermentar misturo com a Weizen. É a nossa DONA CIDRA!!! O ” S ” – ” C ” é proposital para causar perguntas!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *