Receitas de 40L de cerveja!!! Confira a APA do italiano

Fala cervejeiros e cervejeiras!

Chegou o momento que muitos estavam esperando!!! Qual?, O fim da pandemia!? Não esse momento ainda não chegou para nós brasileiros.

Estou falando daquela hora que todo cervejeiro espera, o de aumentar o volume de produção e conquistar a autosuficiência cervejeira!!! 💪🍺💪

Kits de Receitas de 40L

Em abril decidimos aumentar a família dos nossos famosos kits de receitas e como felicidade  só é real quando é compartilhada traremos em uma série de posts as nossas mais famosas receitas na versão de 40L.

Bom chega de papo e vamos ao que interessa, hoje iremos compartilhar a mais famosa receita dos Lamas! A APA do italiano.

APA do ITALIANO 40L

8,3 kg Malte Pilsen
2,0 kg Malte Caramalt ou Carahell
40 g Lúpulo Columbus (60’)
20 g Lúpulo Cascade (5’)
2 sachês Fermento Mangrove Jack´s US West Coast M44
2 potinhos de Priming

CARACTERÍSTICAS

OG: 1,052            FG: 1,010

ABV: 5,4%          EBC:13,4

IBU: 37

Temp. Fermentação: 22 º C
Temp. Maturação: 10 º C

Passo a Passo

1) Aqueça 33,5 litros de água na panela de brassagem até 73ºC.

2) Adicione o malte e mantenha a temperatura por 68ºC durante 60 minutos.

3) Terminados os 60 minutos, faça o mash-out por 10 minutos e desligue o fogo. Deixe o mosto descansar por 10 minutos.

4) Inicie a recirculação do mosto. Faça este processo por 10-15 minutos, até notar que o mosto esteja mais cristalino.

5) Após a recirculação, abra a torneira da panela de brassagem e despeje o mosto em outra panela ou em um balde.

6) Neste ponto você deverá lavar o bagaço que sobrou com 26 L de água a 76ºC até atingir um volume de aproximadamente 50L.

Neste ponto a densidade do mosto deve estar um pouco abaixo da OG desejada. Não se preocupe, pois na fervura o volume será reduzido e a densidade subirá. Dica: ter um densímetro ou refratômetro ajuda a controlar seu processo.

7) Com a mosto filtrado já na panela de fervura (sem o fundo falso ou bazooca), suba a temperatura até o mosto ferver. Não tampe a panela durante a fervura.  Deixaremos o mosto em fervura por 60 minutos

8) Após o início da fervura adicionamos o lúpulo Columbus (40g). Faltando 5 minutos para o fim da fervura, adicionar os 20 g de lúpulo Cascade.

9) Passados 60 minutos da fervura desligue o fogo.

10) Aguarde 5 minutos e faça whirlpool (fazer um redemoinho com a pá para que todo resto de lúpulo/malte/cascas (trub) se concentre no meio da panela. Este processo pode ser melhorado com a adição de uma pastilha de whirfloc 15 minutos antes do fim da fervura). Aguarde 5 minutos para os resíduos decantar. Se você medir a densidade agora ela estará muito próxima do indicado na receita.

11) Resfrie o mosto para uma temperatura abaixo de 30ºC.

12) Com o mosto resfriado transfira-o para o fermentador, deixando o trub no fundo da panela e inocule a levedura.

13) Assim que inocular o fermento, tampe e deixe fermentando por uma semana à 22ºC (Caso não tenha como controlar a temperatura, a fermentação pode ocorrer à temperatura ambiente). No final da fermentação deve-se ter atingido a FG desejada.

14) Após a fermentação, retire o fermento do fermentador e inicie a maturação por mais 10 dias em geladeira (por volta de 10ºC).

15) Após a maturação é possível ainda ter um resto de fermento, descarte ele antes de iniciar a etapa de refermentação.

16) Pegue o Priming de Açúcar Invertido dos Lamas (2 pote para 40L de cerveja) adicione-o no maturador (sem o fermento, pois você ja purgou o fermento). Homogeneíze ele com a cerveja, levemente, mexendo. Após isso, é só encher as garrafas e tampar.

17) Guarde as garrafas de cerveja por 5 a 7 dias (em temperatura ambiente) até formar gás.  Depois disso basta colocar as garrafas para gelar e aproveitar.

E para você que gosta de praticidade, aqui você encontra o kit pronto da APA do ITALIANO DE 40L.

E aguarde pois em breve divulgaremos as receitas de 40L da Session IPA, Lavoro, Revolution 32 e Trigo.

Boas cervejas!

Fernanda Puccinelli Autor

Grande apreciadora de cervejas, teve o primeiro contato com cerveja artesanal sendo cobaia das primeiras cervejas feitas pelos Lamas. ;) Depois de uma temporada nos EUA resolveu unir o útil ao agradável e se aprofundar no mundo das cervejas artesanais. Gosta de viajar, cachorros e claro beber e falar sobre cerveja.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *