Lúpulo Strata – já conhece o novo querido dos amantes de IPA?

Já ouviu falar do lúpulo Strata? Ele foi o sucesso de 2018 na CBC e agora finalmente seus lotes estão chegando ao mercado brasileiro. Chega mais para conferir o que esse lúpulo tem de tão especial.

História do Lúpulo Strata

Não é possível contar a história desse cultivar sem falar do programa de melhoramento genético de lúpulos da universidade estadual do Oregon/EUA. O programa de melhoramento da unviersidade existe desde 1893, isso mesmo! Porém nos últimos 20 anos o investimento público e privado em custear as pesquisas haviam declinando consideravelmente.
Foi aí que em 2010, a empresa Indie Hops fizeram uma parceria com a universidade, doando um milhão de dólares para serem usados na pesquisa de melhoramento de cultivares de lúpulos e focando na criação de novas varietais com alto perfil aromático.

O lúpulo Strata, lançado em 2018 é o primeiro resultado da parceria entre a Indie Hops e a Universidade Estadual do Oregon a ser vendido comercialmente.

Strata Hop Cones

O lúpulo Strata foi originalmente produzido em 2009, antes da parceria da Indie Hops com a universidade. O professor assistente e diretor do programa, Shaun Townsend, pensou que uma variedade de polinização livre descente do cultivar Perle poderia ter grande potencial e a doação financeira da Indie Hops contribuiu para que a pesquisa de Townsend se tornasse realidade. Com isso, foi criado o primeiro campo de testes.

A seleção da mais proeminente muda se deu em 2011 e seu número foi 9-1-331, ficando conhecido com a sigla X331 durante o seu período de 7 anos de testes.

In 2015, Strata foi plantado em uma área de teste de aproximadamente 4 hectares resultando em uma colheita no ano seguinte de 2241kg/hectare o que é um resultado super alto para um plantio teste. Os primeiros cones da varietal Strata foram enviados para cervejarias americanas para testes e avaliações.

Entre as cervejarias escolhidas estavam Fort George, Base Camp, Sierra Nevada, and Odell entre outras.

Em 2017, Worthy Brewing, uma  cervejaria pertencente à um dos donos da Indie Hops participou de um concurso cervejeiro com sua Strata IPA e saiu campeã. Com isso, percebeu que de alguma forma, o lúpulo Strata possuía um equílibrio encontrado somente com blends de lúpulo na cerveja.

E por isso, essa varietal tem chances de se tornar o novo lúpulo queridinho do mercado cervejeiro. Devido a essa popularidade,  acaba se tornando difícil encontrar esse lúpulo disponível no mercado para nós, cervejeiros caseiros. E agora após 2 anos do seu lançamento, podemos encontrar a safra de 2020 disponível, para nós aqui no Brasil, no site da Lamas Brew Shop.

Características Vitais do Lúpulo Strata e Quais Estilos de Cerveja Fazer.

Composição dos ácidos
Alpha ácido: 11 – 12.5%
Beta ácido: 5 – 6%
Co-Humulone: 21%
Composição dos óleos essenciais
Óleos totais: 2.3 – 3.5 mL/100g
Myrcene: 52 – 65% (of total)
Humulene: 22 – 30% (of total)
Caryophyllene: 5 – 12.5% (of total)
Franesene: <1% (of total)
B-Pinene: 0.7 – 0.8% (of total)
Linalool: 0.7 – 0.94% (of total)
Geraniol: 0.2 – 0.5% (of total)
A composição dos óleos essenciais variam de safra para safra. Os dados acima representam uma média. 

Origem — USA; Corvallis, OR

Ano de lançamento — 2018

Taxa de crescimento — Crescimento muito vigoroso

Safra — 2241-2690 kg/hectare

Cones — Pequeno a médio (compactos)

Aroma do Lúpulo Strata

O Lúpulo Strata é descrito como o encontro do “maracujá com a maconha”, pois é isso mesmo que você leu. Ele possui o tal do aroma “dank” que está fazendo a cabeça dos cervejeiros lá nas terras do tio Sam. Esse lúpulo traz notas de frutas tropicais como manga, maracujá, melão, morango e um certo cítrico parecido com grapefruit (toranja). E junto com toda essa explosão frutada vem aquele dank herbal que lembra cannabis. E um grande diferencial do Strata é que ele não possui aquele toque de diesel e xixi de gato que outros lúpulos com essa pegada forte de herbal resinoso possuem.

Uso indicado

Os experimentos apontam que o Strata pode ser um lúpulo muito versátil, sendo excelente tanto para Aroma quanto para Amargor. Quando usado para amargor ele dá à cerveja um belo amargor equilibrado já quando utilizado nas adições tardias para sabor e aroma, ele proporciona notas de frutas tropicais e de berries frescas. E quando utilizado no dry-hopping, os cervejeiros garantem que vem à tona notas de grapefruit e o dank, herbal que lembra notas de maconha.

Tem sido utilizado pelos cervejeiros em IPAs, Pale ales, e Session IPAs mas ele vai bem com uma grande variedade de estilos como Saisons a Lagers.

Por enquanto não há um substituto específico para essa varietal.

 

Estilos mais comuns feitos por cervejeiros americanos que usam o Lúpulo Strata

American IPA American Amber
American Pale Ale American Brown
Specialty IPAs American Stout
American Strong Ales Imperial Stout
Saison American Sours

Exemplos comerciais

Aqui no Brasil você já encontra cervejarias artesanais que conseguiram um lote de Strata e fizeram suas versões com esse lúpulo interessante. De cabeça lembro de imediato da Dogma, Koala San Brew, Cervejaria Tábuas, Oca Cervejaria, Croma entre outras.

Combinações de Strata com outras variedades de lúpulo:

As combinações mais comuns encontradas nas cervejarias americanas são:

  • Timberline Tucker da Mt. Hood Brewing — Strata, Chinook e Cascade
  • Outpatient IPA da Southern Lights Brewing —Starta e Vic Secret
  • 2018 Hoptimum da Sierra Nevada Brewing — Strata com Crystal, Ekuanot, Simcoe, Citra, Mosaic, Loral

Se você já conhece esse lúpulo ou já tomou cerveja feita com ele, deixe nos comentários a sua impressão.

Se quiser saber mais sobre esse lúpulo, esses artigos vão te interessar.
https://worthy.beer/strata-terpilicious-terpiffic-and-terpendous/

http://www.orangemedianetwork.com/daily_barometer/aroma-hops-breeding-program-develops-grows-new-strata-hop/article_6ebc4766-c285-11e7-9ec3-93b41bcb6c5c.html

Boas cervejas!

Fernanda Puccinelli Autor

Grande apreciadora de cervejas, teve o primeiro contato com cerveja artesanal sendo cobaia das primeiras cervejas feitas pelos Lamas. ;) Depois de uma temporada nos EUA resolveu unir o útil ao agradável e se aprofundar no mundo das cervejas artesanais. Gosta de viajar, cachorros e claro beber e falar sobre cerveja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *